segunda-feira, 11 de maio de 2015

Dividindo com vocês um presente maravilhoso que ganhei!


Olá queridos!

Hoje quero dividir com vocês, o mimo que ganhei do meu amigo poeta aqui do blog, o grande Samuel Balbinot, como não amar esse gaúcho lindo?! 
Convido vocês a dar uma passadinha la no blog dele, ai vai o link: http://lapidandoversos.blogspot.com.br/ 
Voces vão se deliciar com cada poesia e sonetos lindos que tem lá... 
Hoje realmente estou radiante e me sentindo toda toda rsrsrs...
Vocês não imaginam como este blog esta sendo importante em minha vida! Adorei conhecer cada um de vcs aqui, cada um compartilhando um pouquinho da sua historia, gostos, alegrias, tristezas, receitas deliciosas, poesias e dia dia em que de alguma maneira acabamos fazendo parte um da vida do outro, e na verdade vejo esta blogesfera como uma corrente do bem que nos ajuda a seguir em frente mais leve, porque um vai dando força pro outro através de uma mensagem ou  comentário, e eu estou amando tudo isso...
Aqui vai o meu presente que quero dividir com vocês, um presente em forma de carinho e versos, escrito  por mãos de um homem fantástico de um talento incomparável, que eu adorei conhecer:





                             SONETO A EDNA

                              Nos traços do teu rosto encontro a real
                              Beleza a vestir a tua alma em cores;
                              O teu sorriso brilha ao natural...
                              Em teu coração eu só vejo amores;

                             Nas noites reluz um brilho imortal
                             De estrelas que te cobrem de fulgores;
                             Eu sei que cada anjinho celestial
                             Se embala nelas e te envia flores;

                             Sinta a magia das noites vestidas
                             Pelo brilho de estrelas coloridas
                            Todas beijando teus olhos formosos;

                            Que nos sonhos teus, lindos e preciosos
                            Tua alma se embale e tão feliz vá
                            Flutuar nas alturas Edna Sá;

                            Soneto a Edna Sá



domingo, 10 de maio de 2015

Feliz dia das mães!



Esta é minha mãe Maria Deusa!  Moramos em cidades distantes mas todos os dias nos falamos, a amo demais, ela é meu porto seguro!
Hoje quero homenagia-la, dedicando a ela e para todas as mamães o soneto do meu amigo Samuel Balbinot:


A MINHA MÃE

Eternamente grato te serei
Minha mãe querida e maravilhosa;
Meu lindo e encantador botão de rosa
Que guardo no meu peito e sempre amei;

Dá-me o teu abraço agora... volvei
Teus olhos para o teu filho ó formosa;
Deixai que ele em estrada majestosa
Siga o doce caminho... não sofrei!...

Alvas flores, véus duma branca neve;
Sentimentos meus... um amor que escreve
Suas palavras nas belas alturas;

Como te amo mãe, te amo fortemente...
Que em meu peito palpita lindamente 
Todo o meu amor nas formas mais puras!...  
(Samuel Balbinot)


Que Deus sempre abençoe e proteja a todas as mamães!
Beijos e um feliz dia a todos!



sexta-feira, 1 de maio de 2015

Me sentindo um pouco entediada...pra variar...


Olá amores!
Como está o feriado?
Eu estou aqui em casa, todos dormem....😴😴😴 e eu cansada de ouvir o ronco do marido vim aqui escrever um pouquinho... Já estava com saudades do meu cantinho aqui, acho que nunca falei p vcs que fiz esse blog justamente por isso, no momento não estou trabalhando fora, estou só me dedicando a cuidar da minha filha Eva de quase dois aninhos, confesso q as vezes penso q vou pirar por ficar tanto tempo dentro de casa, não tenho muitos amigos aqui em João Pessoa e não conheço bem a cidade então fica ruim de sair sozinha. Bem sei q essa fase vai passar, mas não imaginam como é difícil, mesmo assim meu dia  é sempre corrido pois fazer almoço, cuidar de casa, cuidar de duas crianças e ainda ensinar tarefa do meu filho de sete anos confesso que é uma correria danada, mas são esses dois q dão cor aos meus dias...
Quero deixar alguns trechos de pensamentos da minha alma gêmea Clarice Lispector pra vcs, e aproveitem bem o feriado!!! Fiquem na paz! Beijos...Edna.💋❤️

Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente.  E o amor, em vez de dar, exige. E quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa que eles precisam. (...) farei o possível para não amar demais as pessoas, sobretudo por causa das pessoas. Às vezes o amor que se dá pesa, quase como uma responsabilidade na pessoa que o recebe. Eu tenho essa tendência geral para exagerar, e resolvi tentar não exigir dos outros senão o mínimo. É uma forma de paz...
Clarice Lispector